Conheça um pouco mais sobre os Jabutis

Jabuti-piranga (Chelonoidis carbonaria), Jabuti-tinga (Chelonoidis denticulata), são as duas espécies encontradas no Brasil.

Hospital Veterinário São Pedro conheça mais sobre jabuti

São animais de temperamento dócil, calmo e comportamento extremamente vagaroso o que os fez tornar-se tão populares. Porém, muitas histórias que não são verdadeiras surgiram em torno da criação deste animal, sejam por pura superstição ou por falta de conhecimento sobre o manejo adequado, acabam surgindo histórias que na maioria das vezes acabam prejudicando a qualidade de vida deste animal.

Neste artigo, vamos expor os principais cuidados, e qual a recomendação para um manejo adequado deste animal em cativeiro.

Quem nunca ouviu a história de que jabuti embaixo da cama ajuda a curar asma?

Além de nada ser provado, e uma ideia sem fundamento algum, manter o jabuti longe da luz, prejudica e muito a saúde do animal. Há relatos de famílias que compram um animal somente para esta finalidade, e o esquecem embaixo da cama, este passa dias sem comer ou ingerir agua, além de não receber luz solar, que é primordial para a síntese de vitamina D, responsável pela síntese do cálcio no organismo. Existem relatos de animais que passaram mais de um mês sem que a família tomasse conhecimento de sua presença.

Já ouviu dizer que jabuti vive das fezes de outros animais?

Algumas pessoas mais idosas já devem ter ouvido falar que jabuti se alimentava de fezes de outros animais, e por fim criavam esses animais juntos de outros para que eles se encarregassem da destinação das fezes, o problema aqui é que o animal se alimentava pois era a única fonte de energia disponível, e o risco de contaminação é altíssimo, uma alimentação adequada compostas de verduras, legumes e frutas, além de um fornecimento de proteína animal ( insetos, filhotes de camundongo, ou até carne moída cozida  desde que utilizado suplementos adequados ) e uma ração especifica para jabutis de boa qualidade, deve ser oferecida diariamente para o animal.

Jabuti passa meses sem comer ou beber.

De fato esses animais possuem capacidade de hibernar no inverno para poder conservar energia, porém o animal hibernar em um cativeiro é um pouco controverso. Deve se analizar as condições que este animal esta vivendo para saber se é uma hibernação ou então estar em um estado apático devido à algum problema de saúde. Geralmente em um cativeiro adequado raramente iremos ver o animal hibernar, caso seu animal esteja apresentando falta de apetite consulte um veterinário para ter certeza.

Consultas de Animais Silvestres e Exóticos, quartas-feiras, das 19h00 às 21h00.

Agendamento: ligue para: (11) 2345 5860 - (11) 2345 7171

whatsapp logo 1 (11) 99482-3000

Manejo adequado para um jabuti:

Alimentação:

Verduras:

Folhas verdes escuras ( Almeirão, Catalunia, rúcula, agrião, folha de espinafre, folha de mostarda, entre outras)

Obs: Alface, repolho, acelga, ou qualquer outra que seja verde clara não é indica pois pode causar diarreia no animal.

Legumes:

Basicamente todos lavados, crus e de preferencia ralados para facilitar a ingestão.

Frutas:

Todas com excessão ao abacate que pode causar intoxicação, e cuidado com a quantidade de tomate.

Ração de boa procedência, especifica para jabutis, informe se com seu veterinário, qual a melhor ração para seu animal.

O animal deve se ser mantido em local  fresco, sua temperatura varia de acordo com o ambiente, portanto deve se redobrar a atenção no inverno, podendo até fornecer aquecimento com o auxilio de aquecedores específicos para répteis.

O piso não pode ser liso pois dificulta a mobilidade e pode causar problemas articulares em longo prazo.

Hospital Veterinário São Pedro conheça mais sobre jabuti 1

Caso o animal não tenha acesso direto a luz solar, pode ser conveniente instalar lâmpadas com radiação UVA e UVB, para favorecer o crescimento do animal.

Pode se oferecer Carne moída para o animal, mas esta deve compor até 5% da alimentação do animal, e deve  ser fornecida cozida e com suplementação de composto veterinário, antes de fornecer, consulte um veterinário para saber qual o melhor suplemento e a quantidade exata, pois uma dose maior pode prejudicar a saúde.

Apesar de todas as histórias e mitos, o jabuti é um animal que agrada a muitas pessoas e sendo cuidado com muito carinho, amor e responsabilidade, irá te acompanhar por muitos anos e com certeza acompanhará mais de uma geração, já que são animais que podem chegar até 100 anos de idade.

Autor: MV. Dr. Justiniano Proença Filho - Responsável pela Clínica de Animais Silvestres e Exóticos no Hospital Veterinário São Pedro.

Também pode interessar:

Como Escolher Seu Animal Silvestre

Identifique sinais de gravidez na cadela

Sindrome do cão nadador

5 Vantagens de fazer a castração do seu pet

10 Curiosidades sobre gatos

Devo colocar o ventilador para meu cachorro?

Cuidados com cães no verão

Hiperadrenocorticismo em PET’s ou Síndrome de Cushing

Doença degenerativa Valvar Mitral

Pets com catarata. O que você deve saber

Ceratite Pigmentar

Síndrome da Disfunção Cognitiva (SDC) - Alzheimer Canino

Como cuidar do pet após uma cirurgia ortoédica

Problemas cardíacos nos pets, podem ser evitados?

 Curta nossa página no Facebook: Hovet Sao Pedro Facebook e siga-nos no Instagram instagram