Como Escolher Seu Animal Silvestre

Muitas vezes nos deparamos com a curiosidade de como seria possuir um animal diferente. Cobras, lagartos, papagaios, araras, hamsters, coelhos entre outras infinidade de espécies que atraem a nossa atenção.

Mas ao mesmo tempo que a curiosidade aparece, surgem diversas dúvidas a respeito da manutenção destes animais. Me deparo diversas vezes com situações inusitadas de proprietários de primeira viagem que não souberam realizar a escolha do seu animal e acabaram tendo experiências inesperadas com seus companheiros exóticos. Animais que faziam barulhos demais, que não interagem da maneira que imaginavam, problemas com a dificuldade de encontrar alimento, estão na lista dos problemas mais comum dos proprietários de primeira viagem.

Procure ajuda profissional para auxiliar na escolha do animal

Animais Silvestres Hospital Veterinário São Pedro 1

Antes da aquisição de qualquer animal, seja ele, doméstico, silvestre ou exótico, temos que salientar a responsabilidade do proprietário sobre o mesmo, possuir um animal seja ele da espécie que for é sempre uma responsabilidade sobre um ser vivo, este requer sempre atenção, carinho, e cuidados específicos, que se não forem realizados podem acarretar em uma serie de hábitos desfavoráveis para a saúde e integridade do seu animal, portanto devemos pesquisar muito sobre o manejo destes animais antes da sua aquisição. Tendo esta noção de responsabilidade em mente, o primeiro passo é procurar ajuda profissional para auxiliar na escolha de um animal. Evite conversas com o vendedor, lembre se sempre que na maioria das lojas estes são comissionados e vão distorcer a conversa em favor da venda, muitas vezes devemos procurar um veterinário especializado na área de animais silvestres e exóticos, ou até mesmo biólogos para conhecermos um pouco das necessidades do animal que temos em vista. Hoje possuímos também, muito material de leitura na internet, porém devemos tomar muito cuidado com o que está exposto, já que, nem sempre o material e de fonte confiável. Sempre devemos considerar alguns critérios para a escolha do nosso animal:

  • Qual o tipo de alimentação:

Escolher um animal silvestre alimentação Hospital Veterinário São Pedro

Ao contrário de cães e gatos, nem todos os animais silvestres possuem uma linha de rações especificas para tal então, temos que procurar saber quais os tipos de alimentos que o animal necessita. Se são essencialmente carnívoros ou herbívoros, ou são onívoros, se carnívoros devemos oferecer pequenos mamíferos ou insetos, se herbívoros, deve se procurar saber  quais os vegetais que pode ser oferecidos

 

 

 

 

  • Qual o melhor recinto para este animal:

Animais Silvestres Hospital Veterinário São Pedro 3

Pesquise o  tamanho do viveiro que este animal irá habitar, Quais materiais seriam utilizados como  substrato (material que é utilizado no pavimento do recinto para absorção dos dejetos e em muitas vezes mimetização do habitat natural do animal). No caso dos répteis, quais equipamentos devemos ter para controle de temperatura e umidade do terrário.

 

 

 

 

  • E por fim, quais as particularidades do animal recém adquirido:

Animais Silvestres Hospital Veterinário São Pedro 4

Qual o tipo de comportamento, se tem hábitos noturnos ou diurnos, se fazem muito barulho, se é possível que este animal incomode os vizinhos. Se temos tempo disponível para dedicar o animal. Entre outras tantas dúvidas que irão surgir.

Por isso devemos sempre nos informar antes de adquirirmos os animais. Pesquise, compare descubra se a origem deste animal é de confiança se o vendedor possui registro no IBAMA e se este animal vem de origem de um criadouro comercial. Pesquise também se a posse do animal em vista é permitida na região onde será mantido.

 

Uma dica simples para sabermos se o animal vem de origem legal e confiável é a de sempre perguntar onde está o identificador deste animal, e pedir para realizar a leitura da anilha ou do microchip (este feito com aparelho especifico) para localizar a numeração da origem, este número é registrado no IBAMA e lá o proprietário poderá rastrear o criadouro deste animal.

Sempre devemos procurar a melhor opção para nossa companhia e não nos deixar agir por impulso, devemos lembrar sempre que ter um animal é poder estabelecer um convívio entre espécies distintas, e portanto, devemos nos adaptar às carências e necessidades dos nossos companheiros, sempre acreditei que cada animal que nós convivemos, nos proporciona experiências únicas e distintas que ficarão marcadas em nossas memórias, e sempre acredito que a convivência com animais é um dos fundamentos para a construção de um bom caráter, portanto antes de pensar em comprar “só por comprar” pensem no que você vai oferecer em troca para este animal que está sendo levado para sua casa garanto que eles não são exigentes, e retribuem muito bem com carinho e afeto incondicional, não importando a sua espécie.

Consultas de Animais Silvestres e Exóticos, quartas-feiras, das 19h00 às 21h00.

Agendamento: ligue para: (11) 2345 5860 - (11) 2345 7171

whatsapp logo 1 (11) 99482-3000

Autor: MV. Dr. Justiniano Proença Filho - Responsável pela Clínica de Animais Silvestres e Exóticos no Hospital Veterinário São Pedro.

 

Também pode interessar:

Identifique sinais de gravidez na cadela

Sindrome do cão nadador

5 Vantagens de fazer a castração do seu pet

10 Curiosidades sobre gatos

Devo colocar o ventilador para meu cachorro?

Cuidados com cães no verão

Hiperadrenocorticismo em PET’s ou Síndrome de Cushing

Doença degenerativa Valvar Mitral

Pets com catarata. O que você deve saber

Ceratite Pigmentar

Síndrome da Disfunção Cognitiva (SDC) - Alzheimer Canino

Como cuidar do pet após uma cirurgia ortoédica

Problemas cardíacos nos pets, podem ser evitados?

 Curta nossa página no Facebook: Hovet Sao Pedro Facebook e siga-nos no Instagram instagram