10 Sintomas dos cães que não devem ser ignorados

Se o seu cão começa a agir de maneira estranha ou parece um pouco “apagado” sem explicação nenhuma, na maioria das vezes, é impossível saber se deve esperar ou apertar o botão do pânico e fazer uma visita ao veterinário.

Os seguintes sintomas entram na categoria “Não ignorar”. Pode indicar uma doença subjacente severa, mas devem ser analisados imediatamente pelo veterinário.

1.    Perda de apetite e perda de peso

Hospital Veterinario São Pedro sintomas1Frequentemente, a perda de apetite é um dos primeiros sintomas de uma doença nos pets. Há muitas razões pelas quais o seu cão não sente fome ou se recusa a comer, contudo, isto poderia afetar sua saúde de forma negativa no prazo de 24 horas. E se o seu cãozinho tem menos de 6 meses pode ser ainda mais grave.

A perda de peso é o resultado de um desequilíbrio calórico e poderia ser consequência de anorexia (perda do apetite) ou porque o corpo do cão usa ou elimina os nutrientes essenciais dos alimentos mais rápido do que são ingeridos. A perda de peso que ultrapassa 10 por cento do peso normal do seu pet indica maior atenção para o veterinário.

2. Letargia e fadiga extrema

Um cão letárgico parecerá sonolento, “abatido” ou indiferente. Poderia responder lentamente ao que vê, escuta e aos estímulos exteriores.
A letargia ou esgotamento é um sintoma não específico que pode derivar de vários tipos de desordens, entre as quais se encontram algumas que podem ser mortais. Se seu pet está letárgico por mais de 24 horas, é o momento de fazer uma visita ao veterinário.

3. Tosse

Nos cães, a tosse geralmente indica um problema encoberto, a menos que seja num período curto. Alguns exemplos são: uma possível obstrução da traqueia, tosse dos canis, bronquites, pneumonia, dirofilariose (parasitos do coração), insuficiência cardíaca e tumores pulmonares.
Todas as causas da tosse devem ser analisadas e na maioria dos casos receber o tratamento adequado.

4. Febre

Se aumenta muito a temperatura corporal do seu cão, geralmente significa que seu corpo está combatendo alguma infecção. A temperatura normal nos cães é de 39ºgraus. Se a temperatura é mais alta do normal, agende uma consulta ao veterinário urgentemente.

5. Dificuldade para respirar

Hospital Veteriário São Pedro dificuldade respirar

Um cão com insuficiência respiratória terá dificuldade ao respirar, sentirá falta de ar. A dificuldade de respirar pode significar que os tecidos não recebem suficiente oxigênio. Ainda, os cães com insuficiência cardíaca poderiam não ser capazes de enviar sangue suficiente aos músculos e tecidos. A insuficiência respiratória frequentemente vai ligada com o aumento do fluido nos pulmões ou na cavidade peitoral, o que ocasiona a falta de ar e tosse. Se o seu cão de repente tem problemas para respirar que não foram diagnosticados anteriormente, deve procurar  um veterinário imediatamente.

6. Problemas para urinar.

Incomodo ou esforço para urinar e tentativas frequentes de urinar sem sucesso. Se seu cão chora ao urinar, parece estar preocupado por esta parte do seu corpo ou se lambe excessivamente nesta área, não espere para fazer uma visita ao veterinário.

7. Diarréia, urina ou vômito com sangue

A presença de sangue nas fezes do seu cão indica sangramento na porção final de intestino. Esta é uma situação para preocupar-se e deve ser analisado o quanto antes possível.

Sangue na urina do cão, chamada hematuria, pode ser evidente ou microscópica. Existem vários problemas graves que poderiam ocasionar este sintoma, como o bloqueio do trato urinário, infecção bacteriana, e inclusive câncer.

O sangue no vômito pode ser vermelho brilhante, ou parecido aos grãos de café (o que indica que foi parcialmente digerido). Existe muitas razões pelas quais seu cão poderia vomitar sangue, alguma delas são relativamente leves, mas também poderiam ser graves e inclusive mortais.

8. Caminhar de um lado pro outro, agitação, tentativa de vomitar sem sucesso

Quando um cão caminha de um lado para o outro e parece não querer ou não conseguir se acalmar, pode ser um sinal de dor, mal estar ou angustia. Estes sintomas aparecem, por exemplo, na dilatação gástrica ou torção gástrica. Ocorre um aumento súbito de volume na região abdominal causando enorme desconforto e até dificuldade respiratória, ficam agitados com tentativas de vômitos mas sem sucesso.

A torção gástrica é uma condição com risco comum nos cães de raças grande porte  e muitas vezes ocorrem logo após a alimentação.

Hospital veterinário São Pedro cuidado do seu pet

9. Desmaio ou colapso

Quando um cão se desmorona, significa que sofreu uma repentina perda de força e não consegue se levantar novamente. No caso de perda de consciência, é um desmaio.

São situações de emergência, inclusive se o cão se recupera rapidamente e parece estar normal poucos segundos ou minutos depois do colapso.
Todas as causas do desmaio ou colapso são graves e requerem uma visita imediata ao veterinário. Os sintomas podem ser derivados do sistema nervoso (cérebro, medula espinal ou nervos), do sistema muscular esquelético (ossos, articulações e músculos), do sistema circulatório (coração, vasos sanguíneos, sangue), ou do sistema respiratório (boca, nariz, garganta, pulmões).

10. Olho(s) vermelho(s)

Se a área branca do olho do seu cão fica vermelha brilhante, é um sinal de inflamação ou infecção que manifesta uma doença grave, que poderia envolver as pálpebras exteriores, conjuntiva, córnea ou esclera do olho.

O avermelhado também poderia indicar inflamação das outras estruturas dentro do olho, como desordem da córnea e até mesmo glaucoma. Alguns problemas de olho podem causar cegueira, portanto,  qualquer mudança significativa no aspecto do olho do seu cão deve ser analisado por um veterinário.

Os 10 sintomas mencionados podem ser tratados e em muitos casos curados, se diagnosticados ao início. Por isso é importante a prevenção.

Leve seu pet para consultas periódicas.

Curta nossa página no Facebook: Hovet Sao Pedro Facebook